sábado, 10 de maio de 2008

Taças de vinho

Por que as vezes, quando fazemos uma degustação, algumas taças impedem a formação de borbulhas? ( no caso de vinhos frizantes; espumantes )
Segundo os especialistas, o problema é do detergente: ele contém várias gorduras ou glicerina. Essas gorduras aderem ao vidro e, a menos que ele seja enxaguado freneticamente em água muito quente, elas permanecerão no vidro. A solução parece que é utilizar o detergente para lava-louça, mesmo lavando as taças manualmente. Pode ser que alguns resíduos ainda persistam, mas as taças estarão limpas.
Excepção feita quando elas ficam muito tempo sem serem lavadas e, com isso, acumulam resíduos de gordura e poeira do ar.
O que não acontece no nosso caso, por que sempre estamos realizando degustações, não eh?

3 comentários:

Gonzalo disse...

Rubén:

el frio continua ....me preparas outra cajita?

Abrazos

Gonzalo

Miru disse...

Rubén-

adorei o preço dos vinhos, mas preciso esperar passar o lançamento da coleção nova da minha filha para poder pensar em mim - e tomar um vinho no sossego.
minha filha tem uma loja de roupa feminina - ela é designer de moda - muito moderna e bem pensada. o lançamento da coleção outono/inverno é neste dia 13, terça-feira que vem, a partir das 19 horas. A coleção é uma homenagem a efervescencia jovem de maio de 1968
apareça, traga a mulher, venha conhecer o trabalho dela e bater um papo. Certamente encontrará a Veronica, o Celso...
e talvez tomar uma taça de vinho!
(vou mandar o seu email para ela, quem sabe ela se interesse pelo seu vinho)
obrigada e apareça mesmo!
Mirú

Rodrigo disse...

Ruben:
Podemos combinar de pegar uns vinos. Amanhã yo salgo de Santo André por volta das 16:00h así que tal vez marcando un encuentro
en la USP sea lo más fácil. Yo usualmente salgo por la marginal pinheiros e podria hacer um desvio para passar por la usp. Que achas?.

Um abraço,

Rodrigo